Anúncio Responsivo

20 agosto 2014
Acho que muita gente não tem muita noção do "poder" que esse profissional tem nas mãos, ou palavras, ou conhecimento.
Não culpo quem não saiba, porque assim como eu, muita gente nem tem conhecimento das coisas que existem por aí, e também do quão poderosa nossa mente é...
Mas psicóloga não é apenas aquela pessoa que faz a seleção para uma vaga de trabalho, nem aquelas que fazem aqueles testes para tirar a carteira de habilitação...
E eu, posso morder a língua, porque falei que problemas psicológicos não davam reações físicas...
Contei aqui que estava sentindo umas dormências que o médico achou que poderia ser esclerose. Não era e percorri vários médicos, neurologista, neurocirurgião, clínico geral, gastro...
Minha dormência é na garganta e esôfago. Começou com formigamento e depois dormência, foi se alastrando e estava me deixando em pânico porque parecia que ia me esganar.
Depois da minha intensa caminhada parei em um psiquiatra. Sabe o que era? PSICOLÓGICO!
Eu não queria acreditar e aceitar isso! Mas era! Pelo menos foi o que os psiquiatras falaram (fui em 2 para confirmar). Isso foi contra tudo que eu pensava e conhecia. Eu era extremamente ignorante no assunto, mas porque nunca tinha ouvido falar, nunca ninguém próximo à mim tinha passado por isso. E digo que se não acontecesse comigo, acho que não acreditaria...
O psiquiatra ouve o que você sente, faz umas perguntas sobre sua vida, acontecimentos, comportamento...
No fim, cheguei ao disgnóstico!
Transtorno de ansiedade generalizado (TAG), com traços de obsessão. Sou muito ansiosa, por alguns motivos, até inconscientes, que só a terapia com um psicólogo e ajuda de medicamentos para resolver. A obsessão? Sou extremamente organizada, planejada, milimetricamente eu diria. Para mim? É normal, organização. Para o médico? Se tornou obsessivo.
Em apenas uma sessão com a psicóloga já pude esclarecer vários pontos difíceis de lidar na minha vida que precisam ser elucidados para que eu melhore. Isso é papo para um próximo post...
Mas o tratamento é longo, talvez no mínimo 1 ano.
A parte boa? Sei o que é, tem tratamento e vou me empenhar para melhorar. É preciso relaxar! Nada de tensão, foco em coisas boas, positivas, buscar a Deus (como falei aqui) e nada de exageros em nenhuma área da vida.
O problema psicológico com tratamento é controlado e você pode melhorar. Mas se não for tratado pode chegar ao ponto de causar hipertensão, arritmia cardíaca, outros tipos de doenças que podemos evitar se tratar direitinho.
O que ficou de lição?
Existem sintomas físicos para doenças psicológicas, o corpo é todo interligado e nossa mente muito poderosa.
Muitas pessoas sofrem problemas psicológicos e nem sabemos.
Os tratamentos são longos e precisam de dedicação do paciente.
Ter problema psicológico não quer dizer que você é louco.
Somos preconceituosos e ignorantes. Precisamos quebrar essas barreiras de preconceito que nos cegam e fazem cometermos erros e injustiças.

E você? Sofre de algum problema parecido?
Sabia que poderia ser psicológica a dormência?

Anúncio bloco 3

Postagens populares

Anúncio 336x280

Ana Ottobeli

Ana Ottobeli
Administradora, Funcionária Pública, artesã, youtuber, mãe e blogueira iniciante com o "Super Sinceras". Crítica, bem-humorada, viajante apaixonada, filha de Deus, manteiga derretida. Mergulho no mar de minhas emoções coloridas :)

O que você está procurando?

Anúncio 300x250

Curta nossa página e receba as postagens pelo Facebook

Tecnologia do Blogger.

Anúncio 728x90

TAGS

Dicas (527) Economia (389) Faça Você Mesmo (380) Como fazer (300) Decoração (297) DIY (272) artesanato (222) Customização (178) Amor (172) Reciclagem (167) Festa (152) Casa (97) Relacionamento (74) Viagem (53) Receitas (50) Beleza (49) Amigos (43) Comportamento (41) Presentes (38) Look (23) Dieta (19) Cabelo (15) Garimpos (15) Papo de Márcia (9) Pilates (9) Make (7)

Arquivo do blog

Seguidores

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *